Você e seu cavalo no Hipismo&Co:
Manuela Cunha

Essa semana a entrevistada é a amazona Manuela da Bahia.
Conheçam um pouco da história dessa amazona que vem se destacando nos concursos de salto pelo país.

foto 4a

Nome:
Manuela Monteiro Rodrigues da Cunha

Nome do Cavalo:
Qwina Z e Code

Onde monta:
Equus Clube do Cavalo -Bahia

Modalidade / altura / categoria:
Salto – 1.40m -Sênior

Quando você começou no hipismo? Você se lembra da primeira vez em uma hípica?
Comecei a montar quando fui embora de Brasília e vim morar em Salvador. Comecei a montar no final de 2000 e foi paixão à primeira vista. Foi na Escola de Equitação e Equoterapia Jaguar que tudo começou.

Qual foi sua prova inesquecível?
Creio que o primeiro título Brasileiro tem um marco muito grande, que foi em 2005 no Brasileiro de Juvenil, mas o mais emocionante foi o Brasileiro de Young Riders em 2010. Fui vice-campeã. Foi uma emoção muito grande e uma realização inesquecível. Conquistei isso graças a Qwina e meu técnico André Giovanini.

Você tem algum ritual antes da prova?
Fico um pouco ansiosa nas provas, então tento fazer coisas que tirem um pouco essa ansiedade. Geralmente ouço música quando acordo e converso um pouco com meus cavalos. E sempre piso com o pé direito na pista!

Qual seu concurso preferido no Brasil?
É um pouco difícil locomover os cavalos daqui da Bahia pra outros estados, pois é muito longe. Já fui em vários concursos e mas ainda tem muitos que gostaria de conhecer.
Não tenho um concurso específico, mas gosto muito de pular em São Paulo e Rio de Janeiro.

Existe alguma prova da qual gostaria muito de participar?
Estou analisando a possibilidade de no próximo ano passar uma temporada em Wellington. Pretendo levar minha égua e tentar fazer um bom desempenho em Palm Beach.

Qual seu ídolo no esporte?
Além do André Giovanini (meu instrutor), gosto muito do Marcus Ehning.

O que você mais gosta no ambiente hípico? E o que você mudaria?
Você pode encontrar em alguns lugares o companheirismo, a amizade, mesmo tendo competição dentro das pistas. É bom você viajar para um concurso e ser bem recebido.
Acho que precisa um pouco mais de ajuda entre todos. Já vi algumas coisas chatas. Precisamos de menos pessoas olhando para o próprio umbigo.

O que o hipismo mudou na sua vida?
Hoje não me imagino sem o hipismo.Tudo que construí foi graças ao esporte. Sempre me dediquei a isso e não me arrependo. Acho que o esporte pode te trazer determinação, confiança, perseverança e um olhar mais humano.

Você tem alguma música ou filme que te inspira nos seus treinos? Qual?
Não tenho uma música específica para me inspirar nos treinos, mas uma música que inspira se chama “Ta escrito” do grupo Revelação.

Qual foi o cavalo que mais te deu alegria e porque?
Qwina Z foi sem dúvida a maior alegria da minha vida. Além de ter trazido muitos títulos para mim, houve uma conexão muito forte desde o início.
Ela faz tudo com muito amor, seriedade e competência. Sinto ela muito completa!

O que seu cavalo representa pra você?
Representa VIDA! Eles são liberdade, diversão, felicidade, essência, capacidade, experiência e principalmente AMOR!

foto 1

foto 5 foto 4 foto 3 foto 2a foto 2

Fotos: Arquivo Pessoal

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...