Faça você mesmo: torrões de açúcar

Postei no SnapChat alguns torrões de açúcar que fiz em casa e o pessoal pediu para mostrar como fiz. Por isso fiz um vídeo de “faça você mesmo”.

O “Faça você mesmo” dos torrões é bem simples e não precisa de muita coisa para fazer. Veja no vídeo abaixo como eu faço os cubinhos de açúcar que ofereço para meu cavalo.

Não esqueça que esses torrões devem ser servidos aos cavalos com moderação, como uma recompensa ou agrado.

faça você mesmo

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

Pirâmide de treinamento da equitação

Já ouviu falar na Pirâmide de treinamento?

A pirâmide ou escala de treinamento foi desenvolvida em 1912 na Europa pelo general von Redwitz e o coronel Hans von Heydebreck e foi incluído no manual alemão após a segunda guerra mundial. Esta escala mostra um plano a se seguir com o cavalo, seja ele novo ou já treinado, para preservar os movimentos naturais do cavalo quando montado.

A regra para a utilização da Escala é: só passe para o nível seguinte quando tiver dominado bem o anterior. Se um cavalo não tem retidão não conseguirá desenvolver boa impulsão, ou ainda é improvável que um cavalo tenso tenha ritmo.

O primeiro degrau é o Ritmo / Cadência / Regularidade, o cavalo deve andar em todas as suas andaduras (passo, trote e galope) com ritmo, vontade de ir para frente e relaxado. Depois vem a Descontração / Flexibilidade / Fluência, onde se deve trabalhar com encurvatura e fluência dos andamentos. O terceiro nível é Contato / Conexão, que é o perfeito entrosamento, atendimento das ajudas do cavaleiro pelo cavalo. O quarto é a Impulsão, que é a vontade que cavalo tem em andar. A penúltima etapa é a Retidão onde o posteriores do cavalo deve estar seguindo a mesma linha dos anteriores, e o corpo paralelo à direção do movimento. No topo da pirâmide está a Reunião, o objetivo final, que requer grande força muscular, por isso é importante seguir os passos da escala para conseguir chegar a esse ponto.

Vejam abaixo a pirâmide de treinamento da equitação.

Pirâmide

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Posição correta na sela: mente quieta e espinha ereta

Um cavaleiro deve se preocupar com a sua posição na sela.

Além de ser muito mais bonito ver um cavaleiro com a posição correta na sela, a equitação fica muito mais eficiente se o atleta estiver bem posicionado, com joelhos, pernas, calcanhar, cabeça, coluna e ombros no lugar certo.

Como já dizia o compositor Walter Franco em sua música “Serra do Luar” que foi interpretada por Leila Pinheiro:
“Tudo é uma questão de manter
a mente quieta
a espinha ereta
e o coração tranqüilo.”

Vejam abaixo uma imagem que encontrei no Pinterest que ilustra bem como deve e como não deve ser a posição do cavaleiro na sela de seu cavalo.

posição

Horse Planner para organização

O Horse Planner é um caderno organizador para pessoas que tem cavalos.

Quer manter sua vida e a de seu cavalo organizadas?
Acho que o Horse Planner do Hipismo&Co pode lhe ajudar.

O Horse Planner é um caderninho para colocar as informações do seu cavalos e o dia dia do trabalho hípico. Cada um tem seu método de organização mas acho que separar as informações por seções é uma boa maneira de se entender e não viver em um caos.

horse planner

As seções do Horse Planner são: calendário de trabalho (para controlar o que faz com seu cavalo todos os dias), ferragem (para saber que dia seu cavalo foi ferrado e não perder a hora de ferrar novamente), alimentação (registrar a quantidade diária de comida), despesas (controle de gastos), relatórios veterinários (saber o histórico veterinário é importante), contato (uma agenda de telefones úteis), competições e premiações (agenda de provas e lista de prêmios).

Se quiser baixar o arquivo do Horse Planner e imprimir para ter o seu, cadastre-se abaixo e receberá o link em seu e-mail.

Meias para cavalos

Meias podem proteger seu cavalo das moscas.

Suas meias velhas podem ser reutilizadas no seu cavalos. Sabe aquelas mosquinhas e outros insetos que ficam no pasto picando e incomodando os equinos? Muitas vezes a citronela não é suficiente para evitar os insetos, por isso usar meias nas patas de seu cavalo podem ajudar que ele não seja importunado por picadas enquanto pasta tranquilamente.

É só cortar as pontas do pés das meias e passar pelo casco do cavalo, vestindo as patas. Certifique-se que a meia esteja justa e firme antes de deixar seu animal sozinho. Outra dica, é molhar a meia com spray de citronela, pois parece que no tecido o efeito dura mais.

Veja abaixo como fica.

meias

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SanapChat

Como fazer o nó perfeito para amarrar cavalos

Nó certo para arramar o cabo de cavalos.

Quando amarramos cavalos temos que ter alguns cuidados e um deles é usar um nó que seja fácil para desamarrar na hora de um acidente, mas que o cavalo não consiga desatar.

Aprendi um nó simples com o tratador do meu cavalo, mas não sei se eu que não sei executar direito ou meu cavalo que é muito esperto, porque algumas vezes ele consegue se soltar e corre pastar no primeiro verdinho que vê.

Encontrei um modelo de nó que parece ser bem eficaz, pois fica firme e é só puxar o cabo que rapidamente ele se solta.

Vejam abaixo as imagens do  passo a passo para fazer o nó.

nó
Assim é como o nó fica depois de pronto.

 

nó
Primeiro passo

 

no3
Segundo passo

 

no4
Terceiro passo.

 

no5
Quarto e último passo.

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Como fazer uma espádua a dentro com seu cavalo

Hoje vamos ter uma dica de adestramento do cavaleiro Bruno Gomes.

Espádua a dentro é um exercício que deve ser empregado diariamente em qualquer cavalo de adestramento. Isso porque aprimora o equilíbrio do animal, além de ser útil para elevar a espádua e engajar o posterior interno.

Normalmente se pede esse movimento com a perna interna perto da cilha e a perna externa mais atrás. Deve-se ter uma leve encurvação de pescoço e da nuca (pli) (há quem peça diferente).
Uma espádua a dentro para ser correta, os anteriores e posteriores devem formar três linhas no chão, exatamente como o vídeo abaixo mostra, se passar disso pode ser considerado uma cedência a perna. A espádua pode ser usada em linha reta e em círculo.

espadua

Bruno Gomes é cavaleiro de adestramento da equipe do Centro Paranaense de Arte Equestre que fica em Piraquara no Paraná.

Shampoo para cavalo com pelagem clara

Recebi da Winner Horse um shampoo para cavalos de pelagem clara, para testar em meu cavalo tordilho.
Veio em boa hora pois ele estava mesmo precisando, após um mês de férias no Haras sua cor estava bem diferente da original.
O Shampoo Azul Anil, da Winner Horse é muito cheiroso e também tira aquela cor amarelada do pelo do cavalo.

Eu e meu cavalo Mufassa aprovamos o shampoo da Winner Horse! Nota 10!

Mufassa curtindo seu banho com o shampoo Winner Horse

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...