5 motivos pelos quais o hipismo acabou com minha vida

Quando comecei a praticar hipismo eu não tinha ideia que isso mudaria minha vida para sempre.

Eu já gostava de cavalos e tinha contato com eles na fazenda da família, mas foi ao me inscrever em uma escola de equitação que minha vida acabou, pelo menos aquela que eu levava até aquele dia. Calma vou explicar melhor e vocês que praticam hipismo entenderão.

1 – Hipismo vicia
Após a minha primeira aula de equitação eu só pensava quando seria a próxima. Depois de ter o meu próprio cavalo a coisa só piorou, pois passei a sentir a necessidade de montar todos os dias. Sim, eu me tornei uma dependente do hipismo.

2 – Galopar um cavalo é libertador
Quando estou estressada, cansada, com a cabeça cheia de questões que parecem não ter solução, pegar meu cavalo me traz uma sensação maravilhosa. Acho que serve como uma boa terapia. Por isso preciso montar sempre, caso contrário posso ter crises de abstinência.

3 – Com o hipismo a derrota parece ser frequente
Nas competições de hipismo se perde mais do que ganha. Claro que entre uma derrota e outra tive algumas vitórias. Por isso esse esporte me ensinou a perder, sem desanimar ou desistir, apreendi respeitar meu companheiro de prova e sair de cabeça erguida para treinar mais. Isso foi um ensinamento que levarei para toda a vida, não só no esporte, mas também para minha vida pessoal e profissional.

4 – Controlar um animal de mais de 400kg  nos dá poder
Consigo dominar meu cavalo e com isso me torna poderosa e capaz de enfrentar problemas que encontro no meu dia a dia.

5 – Com cavalos não se consegue guardar dinheiro
Além dos gastos fixos para manter meu cavalo e participar de competições, sempre surgem novos gastos. Como veterinário, medicamentos, novos equipamentos, vitaminas e muitos outros itens que parecem ser essenciais para o bem estar do meu equino e para uma melhor prática do esporte.

Por esses motivos minha vida comum acabou no dia que eu comecei no hipismo. Levo uma vida diferente, que só quem convive com cavalos sabe como é. Uma vida que para mim é especial e muito mais completa do que sem cavalos. A equitação me transformou e me completa. Por isso não quero nenhum tipo de tratamento para voltar a ter uma vida sem cavalo, quero continuar no hipismo e ao lado de equinos sempre.

hipismo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...