Dia da Poesia

Hoje, dia 14 de março é o Dia Nacional da Poesia, em homenagem a Castro Alves, pois é o dia de nascimento do poeta baiano. Castro Alves ficou conhecido como o “poeta dos escravos”, pois lutou grandemente pela abolição da escravidão.

Para comemorar esse dia vou publicar um pedaço do poema “Ao romper D’alva” de Castro Alves onde ele galopa com seu cavalo.

“Sigo só caminhando serra acima,
E meu cavalo a galopar se anima
Aos bafos da manhã.
A alvorada se eleva do levante,
E, ao mirar na lagoa seu semblante,
Julga ver sua irmã.

As estrelas fugindo aos nenufares, 
Mandam rútilas pérolas dos ares 
De um desfeito colar. 
No horizonte desvendam-se as colinas, 
Sacode o véu de sonhos de neblinas 
A terra ao despertar.

Livre, como o tufão, corre o vaqueiro 
Pelos morros e várzea e tabuleiro 
Do intrincado cipó.
Que importa’os dedos da jurema aduncos?
A anta, ao vê-los, oculta-se nos juncos,
Voa a nuvem de pó.

Oh! ver não posso este labéu maldito! 
Quando dos livres ouvirei o grito?
Sim… talvez amanhã.
Galopa, meu cavalo, serra acima! 
Arranca-me a este solo. Eia! te anima 
Aos bafos da manhã!”

castroalves

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...