Amazona paraequestre tenta mudar nova regra para os Jogos Paralimpicos

Verity Smith, amazona paraequestre está furiosa por causa da nova regra que exige que os atletas com deficiência visual usem uma venda nos olhos.

A Federação Equestre Internacional (FEI) e o Comite Paralimpico Internacional (IPC) lançaram uma nova regra para os Jogos Paralímpicos Rio 2016, os cavaleiros e amazonas que tem deficiência visual devem utilizar um venda para que todos tenham o mesmo grau de visão.

A amazona paraequestre inglesa tem 10% de visão e com isso ela se baseia para ter equilíbrio no cavalo. Com a venda ela perde a pouca percepção de luz que ela tem. Verity  sonha em representar seu país nas paralimpíadas desde 2012, quando seu cavalo morreu e ela perdeu a chance. Agora vem se preparando para as qualificatórias para a Rio 2016.

amazona paraequestre

Verity alega que os atletas com outras deficiências usam adaptadores para facilitar o desempenho, no caso da venda é um acessório para prejudicar e não ajudar. Sem contar que ela terá que recomeçar os treinos com esse novo acessório faltando apenas alguns meses para as Olimpíadas, sendo assim é pouco tempo para que ela se adapte ao uso da venda.

Por isso a amazona paraequestre está divulgando a campanha #betatheblindfold para acabar com essa nova regra da FEI. Ela fez um abaixo assinado online. (clique aqui para assinar).

Beat the Blindfold

Vejam abaixo o video da campanha de Verity.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...