Potência dos motores: Horse Power

Por que a potência dos motores é medida em cavalos?

Na Inglaterra em 1750 os trabalhadores se amontoam sobre minas de carvão. Suas caras e mãos só não estão mais sujas que as patas cansadas dos cavalos parrudos, animais responsáveis por conduzir carroças e mais carroças carregadas com o tão precioso combustível sólido e preto. Com este cenário em mente, imagine também o seguinte: em tempos que precedem o auge da Revolução Industrial, por que não criar máquinas capazes de executar o trabalho de 10, 50 ou até mesmo de 100 cavalos?

Justamente: a unidade usada para determinar a potência das máquinas a vapor inglesas na metade do século XVIII foi baseada na performance dos valentes equinos.

Como medir a quantidade de energia gasta durante um tempo determinado e calcular, assim, a “força” das máquinas? Há pouco mais de dois séculos, pés e libras constituíam-se como as principais formas de medição de distância e massa em grande parte dos países europeus. Eis, então, que em 1769, o engenheiro e inventor escocês James Watt patenteou uma fabulosa máquina a vapor – nasce aí o primeiro capítulo da história que trouxe à tona o termo “horse power” (ou, em português, cavalos de força).

A indústria automobilística utiliza constantemente o termo “cavalos de potência” para informar a “força” dos motores de um ou de outro carro. Como bem pudemos notar, a história por trás deste conceito é bastante curiosa: inspirado pelos esforços dos animais, James Watt acabou cunhando a tal unidade que, mesmo depois de ter sido padronizada e renomeada, foi capaz de atravessar os séculos.

potência

 

Fonte:Tecmundo

Cavalos e mulheres de circo

Fotos de cavalos e mulheres em shows.

Adoro fotos vintages em preto e branco. Encontrei no site Horse Nation uma coletânea de lindas fotografias antigas de mulheres e cavalos de circo. Essas mulheres e cavalos mostravam muito charme em suas poses.

Vejam abaixo as imagens antigas de lindos conjuntos em ação durante apresentações.

cavalos e mulheres

circo2

cavalos e mulheres

circo4

circo5

circo6

circo7

circo8

circo9

cavalos e mulheres

circo11

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Fantasias de Carnaval para cavalos

O Carnaval está chegando. Já prepararam suas fantasias?

Selecionei algumas fantasias engraçadas e divertidas para cavalos. Algumas parecem ser um pouco exageradas e acho que os cavalos não devem ter ficado muito felizes vestidos com elas. Quem sabe você se anima a participar de provas a fantasia de carnaval.

Vejam abaixo alguns conjuntos bem enfeitados e me digam o que acham.

carnava5 carnaval sherek carnava8 carnava11 carnaval2 fantasias carnaval4 carnaval9 carnaval10 carnaval11 carnaval12
fantasias

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Nômades viajam pelo mundo a cavalo

Nômades são pessoas que não tem moradia fixa e se deslocam constantemente de lugar.

Os Nomads United são nômades que se deslocam a cavalo pelas áreas rurais do planeta desde 1998. Eles se dividem em caravanas formadas por pessoas de diferentes nacionalidades.

Os nômades a cavalo já passaram pelo Brasil algumas vezes e contam com alguns brasileiros no grupo. Eles vivem de doações arrecadadas nas apresentações que fazem pelos lugares que passam. Os shows misturam música étnica, dança e acrobacia. Os ativistas levam uma mensagem de conscientização ambiental e pregam um mundo menos dependente de veículos motorizados e combustíveis fósseis. Um dos fundadores do grupo é o israelense Kareen Kohn, que coloca em prática em prática um estilo de vida sustentável.

O que você acha dessa maneira que esse pessoal escolheu de conhecer o mundo? Você conseguiria viver dessa forma simples e desapegar das coisas materiais para seguir viagem a cavalo?

Se quiser saber por onde eles andam e quem sabe se juntar a eles acessem a página dos Nomads United no Facebook.

nômades nômades nomads_united3 nomads_united4 nomads_united5 nomads united cavalos nomads_united8 caravan

Halloween com cavalos na abóbora

Porque a abóbora é o símbolo do Halloween?

Devido à adaptação da lenda de Jack o’lantern para o folclore norte-americano. Na Irlanda, acendiam velas dentro de nabos para afastar maus espíritos na festa celta de Samhain, que celebrava o fim do verão. O costume teria sido levado pelos imigrantes para os EUA e incorporado ao All Hallows Even (véspera do Dia de Todos os Santos), dando origem ao Halloween. Quando os irlandeses chegaram à América, teriam percebido que as abóboras eram mais abundantes por lá e passaram a usá-las no lugar dos nabos.

Amanhã, dia 31 de outubro, é o dia das bruxas ou Halloween.

Vejam abaixo algumas abóboras do tipo moranga decoradas para o Halloween, com cavalos.

halloween

halloween

 

abóbora

halloween4

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

Dia do cavalo no Rio Grande do Sul

Acabei de descobrir que no estado do Rio Grande do Sul hoje (14/09) é o dia do cavalo.

O governo do Rio Grande do Sul instituiu em 2003 o dia do cavalo no estado. O “Dia do Cavalo”, faz parte do calendário de eventos culturais do Estado.

Sempre acho um exagero essa história de dia disso e daquilo. Mas como o Rio Grande do Sul tem tradições com os cavalos que vem da cultura gauchesca, faz sentido o Dia do Cavalo por lá.

dia do cavalo

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

Glitter nos cascos dos cavalos

Que tal colocar glitter no casco do seu cavalo?

Quem gosta de brilho vai adorar esse produto, Glitter para cascos. Com ele você pode fazer seu cavalo brilhar ainda mais nas pistas.

É uma cera com partículas brilhantes que seca rápido e tem diferentes cores.

Achei bem divertido esse produto, mas não sei se meu cavalo iria curtir ficar tão espalhafatoso com tanto brilho.

O Twinkle Toes Hoof Polish está a venda no site Horse.com. 

glitter

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Mais frases que escutamos dos instrutores de hipismo

Depois do post com 35 frases que instrutores falam para seus alunos, encontrei muitas outras frases.

Meus leitores como sempre colaboraram muito para aumentar a lista. Por isso vim aqui fazer mais um post com novas frases. Vejam abaixo como ficou a nova lista.

1 – Não deixa ele cair de espádua

2 – Perna de fora e rédea de dentro

3 – Dona Distância mandou lembrança

4 – Meia parada

5 – Alonga esse galope

6 – Oww, oww, pra trás

7 – Encurta

8 – Cadê a perna?

9 – Mais perna, mais perna

10 – Para de bater as mãos

11 – Para a perna

12 – Ponta do pé no estribo

13 – Pra frente

14 – Galopa no intervalo e equilibra no final

15 – Mais ritmo

16 – Levanta o corpo

17 – Agrada e guarda

18 – Aperta o joelho na sela

19 – Não bate asa

20 – Muito Bom!
(finalmente, de vez em quando a gente acerta)

instrutores

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Georgina Bloomberg amazona americana no Pan

Assistindo o Pan-Americano conheci a amazona Georgina Bloomberg.

Georgina Bloomberg é filha do ex-prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg. Além de ser herdeira de uma fortuna bilionária, a bela é amazona profissional e está representando os EUA no Pan-Americano em Toronto.

Fiz uma breve pesquisa sobre ela, pois fiquei curiosa para conhecer mais da história dessa amazona.  Georgina Bloomberg com 32  anos, tem um filho com o cavaleiro argentino Ramiro Quintana. A amazona mora em Wellington na Florida com seu filho Jasper.

Georgina causou polêmica quando participou do concurso de salto, Hampton Classic, com 5 meses de gravidez, terminando a competição em 3ª lugar. Após o nascimento de seu filho ela disse que não deveria ter corrido esse risco.

A filha do ex-prefeito participou do documentário “Born Rich” dirigido pelo herdeiro da Johnson&Johnson, Jamie Johnson. O filme é uma crítica ao capitalismo e suas discrepâncias em tempos pobres. (Se quiser conferir o documentário cliquei aqui.)

A amazona criou um programa, chamado “The Rider’s Closet”, que arrecada roupas e botas de hipismo para doar a instituições que fazem trabalho de equoterapia para pessoas com necessidades especiais.

A marca Ariat de roupas equestres patrocina a amazona Georgina, que sempre está muito elegante, dentro e fora das pistas.

Hoje (21/07), na primeira prova do Pan-Americano, Georgina fez um lindo percurso com zero faltas, está na disputa por equipes e individual com a égua Lilli.

Georgina_Bloomberg1

Georgina com seu folho Jasper
Georgina com seu folho Jasper
Georgina Bloomberg e seu pai Michael Bloomberg
Georgina Bloomberg e seu pai Michael Bloomberg

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Regras no hipismo: 10 dicas para ser um cavaleiro exemplar em pista

Se você já participou de uma competição hípica deve ter notado que algumas pessoas não conhecem muito bem as regras no hipismo sobre como se comportar na pista.

Vamos algumas regras no hipismo que todo cavaleiro e amazona deveria conhecer para usar a pista, tanto no dia a dia como nas competições.

1 – Cavaleiro em sentido contrário – o que estiver a mão esquerda utiliza pista externa, junto a cerca.  Lembrar a regra do “ombro esquerdo com ombro esquerdo”.

2 – Use a voz, com educação, dizendo “vertical” ou “pista” fazendo os outros saberem onde você vai.

3 – Não pare nos cantos da pista para desmotar, se for necessário parar seu animal faça em um local que não atrapalhe a circulação e não seja na frente de obstáculos.

4 – Use o redondel para rodar seu cavalo na guia e não a pista de distensão. Salvo em horários que o clube ou haras permita.

5 – Cavalos na mesma mão – o de andadura mais viva utiliza a pista externa, junto á cerca.

6 – Não amarre seu animal na cerca da pista.

7 – Uma distância de segurança deve ser mantida do cavalo à frente e ao lado.

8 – Não fique batendo papo montado dentro da distensão, principalmente se a pista estiver cheia.

9 – Transições para o passo e alto devem ser feitas somente em pista interna.

10 – Cavaleiros realizando círculos devem ceder a vez aos cavaleiros que vêm da pista de fora

Claro que mesmo com essas regras o mais importante é manter o bom senso e respeito com os outros cavaleiros.

regras no hipismo

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no Snap Chat @hipismoeco.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...