10 Incoerências do hipismo

Quem pratica esportes com cavalos vai entender essa lista, mas quem não é do hipismo vai achar que são muitas incoerências.

1 – Gasta R$600,00 em um culote, mas fica uma fera quando perde um chicote de R$60,00

2 – Venerá o cavaleiro Rodrigo Pessoa, mas iria ficar muito nervoso de montar na frente dele.

3 – Mantem o quarto de sela impecável, mas seu carro e uma bagunça.

4 – Viaja para muitas cidades, mas só conhece as hípicas e hotéis.

5 – Deixa de fazer refeições durante o dia, mas fica doido se a comida do seu cavalo atrasa.

6 – Não tem tempo para esperar na fila do banco, mas fica horas esperando sua vez de entrar em pista.

7 – Reclama do preço dos sapatos no shopping, mas para R$200,00 em sapatos (ferraduras) para seu cavalo todo mês.

8 – Tem medo de montanha russa, mas salta nas costa de um cavalo.

9 – Demora meses para fazer um check up, mas chama o veterinário toda semana para ver seu cavalo.

10 – Em casa lava a mão minuciosamente antes das refeições, mas na hípica desce do cavalo e come um sanduíche sem nem passar uma água nas mãos.

incoerência

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

25 maneiras de ser um babaca no hipismo

Com certeza você conhece algum babaca dentro da sua hípica, haras ou centro equestre.

Para virar um mestre na arte de ser um babaca no hipismo tem que conhecer algumas estratégias. Veja abaixo algumas dicas e boa sorte sendo um babaca hípico.

1 – Critique todos os cavalos que não são seus.

2 – Galope alongado no picadeiro lotado em dia de chuva.

3 – Peça para seu tratador subir as varas de um obstáculo, bem na hora que outro cavaleiro está se aproximando para salta-lo.

4 – Na distensão das provas atravesse na frente dos outros concorrentes com o seu cavalo.

5 – Pegue equipamentos emprestado e não devolva.

6 – Nunca empreste material hípico a ninguém.

7 – Use todos os obstáculos da pista para fazer uma ginástica e não deixe que ninguém pegue nem ao menos uma vara.

8 – Corrija seu cavalo com violência no meio da pista de treino.

9 – Discuta com os juízes sobre seu resultado sempre que não ganhar.

10 – Fale com o tratador de seu cavalo como se ele fosse seu escravo.

11 – Após o treino não caminhe seu cavalo, desça assim que terminar o último salto e exija que o tratador puxe o animal até ele esfriar.

12 – Ria dos cavaleiros iniciantes.

13 – Quando o picadeiro estiver lotado pare nas laterais para conversar e não abra caminho quando solicitarem.

14 – Construa um piquete particular na hípica e mesmo que não esteja usando, não deixe que os outros coloquem seus cavalos lá nem um minuto.

15 – Dê palpite na equitação dos outros, mesmo que não peçam sua opinião.

16 – Grite com o tratador do seu cavalo pelos corredores das cocheiras.

17 – Solicite silêncio quando estiver trabalhando seu cavalo no picadeiro.

18 – Se o juiz de distensão disser que ainda não é sua vez de entrar na pista, entre assim mesmo.

19 – Saia da pista após acabar sua prova com muita lentidão atrasando o começo do percurso do próximo concorrente e se possível passando na frente do número um.

20 – Deixe para colocar ligas, caneleiras, boleteiras e toucas no meio da pista de distensão, que está cheia de cavaleiros, amazonas e seus cavalos.

21 – Atenda seu celular de cima do seu cavalo, no meio da pista, bem na frente da linha que outro cavaleiro está saltando.

22 – Solte seu cavalo para correr na pista de treino.

23 – Faça circulo na frente de um obstáculo que estão saltando.

24 – Tire as varas de uma linha que está no percurso de outro cavaleiro para fazer cavaletes.

25 – Mesmo que seu cavalo não dê coice, quando alguém se aproximar dele grite: “Cuidado ele dá coice!”

Para ser um babaca hípico tem muitas possibilidades e infelizmente é uma espécie muito comum nas hípicas.

babaca

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SanapChat hipismoeco

 

10 coisas que pessoas do cavalo não entendem

entendem

Quem tem cavalos não consegue entender algumas coisas que pessoas comuns acham simples.

Vejam abaixo a lista de perguntas que se você tem cavalos já deve ter se feito alguma vez.

1 – Como alguém não suporta o cheiro de cavalo e de feno?

2 – Desde quando culotes e botas longas passaram a ser itens de moda e não equipamentos de montaria?

3 – Como é possível manter as unhas impecáveis quando se lava cavalos e limpa materiais de hipismo?

4 – Por que pessoas que não tem cavalos não gostam de ver competição de hipismo na televisão?

5 – Como faz para poupar dinheiro tendo um cavalo?

6 – Por que acordar cedo para ir trabalhar não é tão legal quanto sair da cama para ir ver nossos cavalos?

7 – Como alguém consegue ficar de férias longe de casa mais do que 7 dias?

8 – Por que as pessoas de fora do hipismo confundem jóquei clube com hípica?

9 – Por que estranham quando falamos com nossos cavalos como se eles fossem pessoas?

10 – Como nossos cavalos conseguem achar o lugar mais barrento do piquete pra se espojar após o banho?

entendem

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

13 coisas que donos de cavalos devem lembrar

Tenho certeza que quem ama os cavalos de verdade sabe todas essas coisas, mas não custa relembrar.

1 – Não se chateie se seu cavalo não executar o trabalho corretamente.
Lembre-se que talvez ele não queira estar lá saltando, ou correndo em direção a um tambor, ou ainda fazendo uma pirueta, e sim gostaria de estar pastando no campo. Mas mesmo assim ele está lá se esforçando para lhe agradar.

2 – Dê tempo para ele entender o que você quer.
Por mais que seu cavalo se esforce para fazer o que você pede, pode ser que ele não acerte de primeira e precise aprender o que você está solicitando.

3 – Respeite o limite e habilidade do seu animal.
Cada equino tem suas características e o importante é reconhecê-las e não exigir que o seu companheiro execute algo que ele pode não ser capaz.

4 – Não fique bravo com seu cavalo e não o castigue.
Pode ser necessário correções ao trabalho, mas não adianta castigar o equino com raiva.

5 – Cuide da saúde dele.
Não esqueça que é um animal que precisa de cuidados e atenção veterinária. Assim como você, ele pode ficar doente e ter machucados.

6 – Trate seu cavalo com carinho.
Os animais não esquecem a maneira que são tratados e algumas vezes levam traumas por toda a vida.

7 – Deixe-o curtir um pouco de liberdade.
Cavalos na natureza gostam de galopar em liberdade. Mesmo mantendo os equinos em cocheiras é importante proporcionar momentos livres no campo.

8 – Permita que ele se aproxime de outros equinos.
Viver em tropa é da natureza dos cavalos, eles convivem muito bem em comunidade.

9 – Não o impeça de se sujar.
Mesmo que você queira seu cavalo limpo e impecável, deixe que ele se espoje e se suje de vez em quando.

10 – Alimente o corretamente e sirva água a vontade para seu cavalo.
Não esqueça que ele necessita ser bem alimentado e hidratado para se manter saudável.

11 – Se ele tiver medo tenha paciência.
Algumas coisas podem assustar seu cavalo e não adianta bater e fazer com que ele perca o medo com violência.

11 – Preste atenção nos sinais que seu animal lhe dá.
Infelizmente os cavalos não falam, por isso temos que aprender a ouvi-los pelos sinais que nos dão.

12 – Respeite se ele precisar de férias dos trabalhos.
Assim como nós os cavalos também se cansam e precisam repor sua energia. Não esqueça de lhe dar folgas ou ainda dias de férias se for preciso.

13 – Quando ele estiver velho dê a ele a vida que ele merece.
Lembre-se que seu amigo dedicou a vida dele para lhe servir, por isso nada mais justo que ele ter uma linda aposentadoria.

lembre_cavalo

 

15 coisas que as pessoas que não tem cavalos não entendem

As pessoas que não convivem com cavalos se chocam com as coisas que nós que praticamos hipismo fazemos. Elas não conseguem entender e algumas ficam indignadas com nossas atitudes.

Vejam abaixo 15 das coisas que faço.

1. Falo com meu cavalo o tempo todo.

2. Acordo super cedo nos finais de semana para competir.

3. Gasto muito com veterinários.

4. Não faço manicure pois vou dar banho no meu cavalo no dia seguinte. E se faço as unhas elas logo irão estragar ao escovar meu amigo de quatro patas.

5. Nos porta retratos da minha casa não tem fotos de familiares e sim dos meus cavalos.

6. As roupas mais caras que tenho são de hipismo e as que não são de hipismo tem sempre um cavalinho ou algo equestre.

7. Na minha geladeira tem mais cenoura que qualquer outra coisa.

8. Quando encontro um amigo do hipismo só falo sobre cavalos.

9. Durante minhas viagens procuro lojas e concursos de hipismo.

10. Nunca saio da hípica na hora que prometo sair, sempre demoro mais do que imagino.

11. Perco reuniões da família, mas não perco eventos hípicos.

12. Não ligo para o cheiro de esterco.

13. Conheço todos os sintomas de doenças de equinos, mas não sei quais são os sintomas de uma gripe humana.

14. Me atraso para a aula de Yoga, mas nunca para a de equitação.

15. Fico chateada quando meus familiares e amigos não sabem o nome do meu cavalo.

cavalo_15coisas

Lista de afazeres antes de uma competição de hipismo

Toda vez que vou fazer uma viagem para uma competição de hipismo me dou conta quantas coisas tenho que organizar para que tudo corra bem. Para isso fiz uma lista com alguns itens importantes que não devem ser esquecidos.

Veja a lista abaixo:

– Registro do animal e do cavaleiro na sua Federação.

– Exames de Anemia Infecciosa e Mormo em dia.

– Vacinas em dia.

– Contratar caminhão para transportar seu cavalo e retirar o Guia de Transito Animal (GTA).

– Checar os dias e horários de entrada e saída dos animais no local da competição.

– Pagar taxas de inscrição e estabulagem.

– Verificar equipamento do cavalo, se está tudo em ordem. Se a sela, cabeçada, rédeas e outros não necessitam de conserto.

– Separar manta e ligas limpas para a competição.

– Acertar um tratador para cuidar do seu companheiro durante a competição.

– Preparar o cavalo, aparando crina e ferrando corretamente.

– Comprar ração e feno o suficiente para os dias que o cavalo ficará fora de sua casa.

– Levar baldes ou cochos para alimentar seu animal.

– Juntar material para limpeza do animal e do equipamento, como escovas, esponjas, limpa cascos, shampoos e cera para couro.

– Comprar medicamentos caso necessário.

– Reservar hotel para você.

– Se escolher ir de avião, não esqueça de comprar suas passagens com antecedência. Se for de carro verifique se o automóvel está ok.

– Colocar em sua mala culotes para os dias de treino e para provas, camisas, meias e cinto. Sem esquecer da casaca.

E depois de tudo isso, é ir para a competição e boa sorte!

lista

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...