Pedido de casamento em prova de hipismo

Um pedido de casamento diferente.

A amazona  Nicky Scheirs teve uma surpresa ao terminar seu percurso no concurso de Mechelen na Bélgica. Seu namorado lhe esperava para fazer um pedido de casamento.

Sven De Winter, o namorado, nem esperou Nicky sair da pista para fazer o pedido. Ajoelhou ali mesmo e fez a proposta. A amazona não teve tempo nem de pensar e ainda ofegante de seu percurso disse sim.

Esse pedido de casamento incomum aconteceu nesse final de semana durante o Jumping Mechelen.

pedido

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Polêmica sobre eliminação de Bertram

Esporas ou não esporas, muito ou pouco sangue, elimina ou não elimina e muita polêmica.

O post de ontem aqui no blog causou muita polêmica. O cavaleiro Bertram Allen foi eliminado por ter sangue em seu cavalo, após ter saltado o desempate do GP no Olympia Horse Show e ter feito o menor tempo.

No Facebook muitos defenderam a regra da FEI, que elimina o conjunto se o animal apresentar qualquer vestígio de sangue ao terminar o percurso. Outros questionaram a atitude do comissário, pois o ponto de sangue parecia muito pequeno.

Eu acho que regra é regra e deve ser seguida, porém com toda essa polêmica li a respeito de casos onde o regulamento não é cumprido. Não sei se é verdade, mas li um texto e vi fotos de um conjunto do Enduro que terminou a prova com muito sangue saindo da boca do cavalo e mesmo assim não foi eliminado.

Acho que o caso de ontem com o irlandês pode ter sido até exagero, mas não sou contra a eliminação, pois infelizmente para poder acabar com alguns excessos o regulamento tem que ser rigoroso. Porém acho que a FEI deveria rever seu regulamento e colocar essa pratica em todas as modalidades e em todos os eventos.

O artigo do regulamento de salto da FEI que fala a respeito da desqualificação por causa de sangue é o  242.3.1 – “Mandatory Disqualification – Horses bleeding on the flank(s), in the mouth or nose or marks indicating excessive use of spurs or of the whip anywhere on the Horse” (tradução: Desqualificação Obrigatórisa-  “cavalos com sangramento no flanco(s), na boca ou nariz ou marcas que indicam o uso excessivo de esporas ou do chicote em qualquer lugar do cavalo”).

Vi alguns comentários dizendo que o sangue no cavalo Quiet Easy de Bertram foi consequência de maus-tratos. Eu não conheço o cavaleiro e muito menos sei como é o trabalho dele com seus animais. Acho que ele pode ter machucado seu animal pela primeira vez e não teve a intenção, por isso acredito que acusa-lo de maltratar Quiet Easy pode ser um exagero. Mas isso é apenas minha opinião. De qualquer forma sendo ou não intencional ele foi eliminado e terá que aceitar isso.

Vim aqui nesse post deixar minha opinião sobre essa polêmica e adorarei ouvir a sua também. Pode deixe um comentário aqui nesse post, para podermos abrir uma discussão saudável sobre o assunto. Pois acho muito importante falarmos sobre temas que visam o bem estar dos nossos queridos cavalos.

polêmica
Ponto de sangue no cavalo Quiet Easy (foto de Horsetalk)

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Cavaleiro é eliminado por ter machucado seu cavalo com espora

O cavaleiro irlandês Bertram Allen perdeu seu prêmio no GP do London International Horse Show.

Ontem (21/12) aconteceu o Olympia Grand Prix do Concurso Internacional em Londres. O cavaleiro que fez o menor tempo no desempate foi Bertram Allen da Irlanda montando Quiet Easy. Porém ele foi eliminado pelos comissários pois seu cavalo estava com sangue na lateral, parecendo um machucado feito pelas esporas do cavaleiro.

Com a desqualificação do irlandês a vitória ficou para o cavaleiro britânico Michael Whitaker, montando Viking. O segundo e o terceiro foram para os alemães Ludger Beerbaum e Marcus Ehning, respectivamente.

Michael lamentou o ocorrido com o jovem Bertram, de apenas 20 anos de idade, dizendo que preferia ter vencido na pista, mas que regras são regras.

Sinto pelo jovem que foi eliminado, pois sei que esse tipo de machucado pode acontecer, e muitos cavalos são sensíveis ao atrito das esporas. Mas por outro lado fico feliz em ver que a FEI tem tido cada vez mais cuidados com o bem estar dos animais e vem seguindo as regras rigorosamente.

cavaleiro
Jovem irlandês, Bertram e seu cavalo Quiet Easy

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Hipismo Maringá: III Copa Catuaí

A III Copa Catuaí de Hipismo aconteceu semana passada no Clube Hípico de Maringá.

O Clube Hípico de Maringá organiza pela terceira vez essa Copa de Hipismo. Esse Clube é especial para mim, pois foi lá que participei da minha primeira competição de hipismo e também fiz grandes amigos. Por isso fico muito feliz em ver eventos de sucesso como a Copa Catuaí serem sediados em Maringá. Torço para que muitos outros concursos como esse sejam feitos no CHM.

“A minha primeira prova de salto não foi lá essas coisa, (fui eliminada e ainda levei um belo de um tombo), mesmo assim me lembro como se fosse ontem. Eu com 12 anos de idade sentindo a adrenalina da competição naquela pista com terra vermelha de Maringá, a Cidade Canção do Paraná.”

A III Copa Catuaí de Hipismo aconteceu nos dias 30, 31 de outubro e 01 de novembro. As provas foram desde X ao Trote até 1,40m de altura e contaram com cavaleiros e amazonas de diferentes cidades do Paraná e também de São Paulo. O concurso bateu seu recorde de inscrições.

A prova de 1,30m de sexta (30/10) teve como vencedor o cavaleiro Gilberto Braz Palma com o cavalo Top Horse Land Ronald. O vencedor no Mini GP que aconteceu no sábado (31/10) foi o cavaleiro e anfitrião Otamires da Costa montando Queen PZ. O Grande Prêmio com obstáculos a 1,40m, aconteceu no domingo e o vencedor foi o cavaleiro da capital paranaense Maurício de Oliveira Franco com sua égua Ouro Fino Ana Bella MS Top Horse.

A Copa Catuaí usou o sistema de inscrições e resultado online do Hipismo&Co. Por isso você pode conferir os resultados completos por aqui.

hipismo
Gilberto Braz Palma vencedor da prova de 1,30m
Maringá
Otamires da Costa e Queen PZ vencedores do Mini GP
cavalo
Maurício de Oliveira Franco campeão do GP ao lado de sua equipe

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

 

Campeonato Brasileiro: a volta do adestramento Paranaense

Semana passada estive em São Paulo para o Campeonato Brasileiro de Adestramento.

Fui participar do Campeonato com meu cavalo Mufassa no Clube Hípico de Santo Amaro – SP. Já estive em vários brasieliros de salto, porém na modalidade adestramento esse foi o segundo campeonato que participei. No primeiro, que foi no ano de 2013, fiquei na terceira posição e sai muito feliz com meu resultado.

Saímos de Curitiba com uma equipe unida e animada. Eramos 6 conjuntos que se distribuíram em diferentes categorias. Foram dois dias de competição com momentos de tensão e alegria.

Nossa mascote Melissa Mengato Ruda, a mais nova da turma, teve um lindo desempenho e sagrou-se campeã na série Iniciante, montando a égua Xarpa. Foi muito lindo ver a concentração, dedicação e alegria da pequena amazona. Acho que fiquei muito mais nervosa com a participação dela do que com a minha. Estávamos torcendo muito pela nossa querida Mel, que animou nossos dias em São Paulo com sua espontaneidade e alegria.

campeonato
Melissa no topo do pódio.


Eu e o Mufassa conquistamos o título de campeões na série Média I. E nossa equipe na Preliminar contou com o título de vice-campeão do cavaleiro Carlos Hernani Boson com Santa Fé e o 3º lugar da amazona Cecília Ortega Lyng Dalcanale com Black Magic.

campeonato
Eu com minha taça de campeã brasileira
Equipe Paranaense no Campeonato Brasileiro de Adestramento
Equipe Paranaense no Campeonato Brasileiro de Adestramento

Voltei para casa muito feliz, não só pelas medalhas e troféu que conquistei, mas porque depois de muitos ano, o estado do Paraná colocou representantes no Campeonato Brasileiro de Adestramento. Desde que assumi a diretoria de adestramento da Federação Paranaense de Hipismo um dos objetivos era mostrar nacionalmente que aqui não fazemos somente a modalidade salto, que o adestramento também existe no Paraná. E fizemos isso com um belo desempenho.

Aproveito esse post para agradecer o apoio da Alltech e da Dressur que tornaram viável a minha ida para o Campeonato Brasileiro.

Mufassa levou a logo da Alltech em sua manta e eu vesti a linda casaca da Dressur.
Mufassa levou a logo da Alltech em sua manta e eu vesti a linda casaca da Dressur.

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

 

 

Tensão pós prova de hipismo

Quem participa de competições de hipismo sabe o que é o sentimento pós prova.

Hoje durante uma competição de adestramento percebi como o nervoso e a tensão reinam naquele momento pós prova. Não só para quem está competindo como para aqueles que estão na torcida.

Eu competi e fiquei nervosa daquele jeito habitual, mas a maior tensão foi assistindo e torcendo para meus companheiros de equipe. Acredito que isso faz parte de toda a competição e é importante para nos focarmos e alcançarmos nossos objetivos.

Quando você estiver com aquele friozinho na barriga antes da competição, lembre que sem isso o desafio não estará completo.

E boa sorte!

pós prova

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

 

Pedro Veniss vence o Prêmio Hyundai do CSI Indoor

Show de Pedro Veniss no Prêmio Hyundai no Internacional Longines Indoor

Ontem (09/10) aconteceu o  Prêmio Hyundai, a 1,45m, a primeira prova Internacional no Longines Concurso de Salto Indoor na Sociedade Hípica Paulista. Dos 13 conjuntos sem faltas, 11 voltaram para desempate. O cavaleiro olímpico Pedro Veniss, que veio especialmente da Europa, levou Organnact Challenger JMen II à vitória sem faltas.

Como já contei ontem aqui o cavalo Organnact Challenger JMen II é de propriedade do cavaleiro paranaense Bernardo Zattar, que o emprestou para Pedro Veniss.

“No desempate eu comecei arriscando um pouco e depois do terceiro obstáculo senti ainda mais confiança e parti com tudo. Também quero agradecer ao Bernardo Zattar, que gentilmente me emprestou o Challenger JMen.” disse Pedro Veniss em entrevista.

A competição segue até amanhã (11/10) e conta com o Grande Prêmio no qual Pedro Veniss volta a disputa com o belo Organnact Challenger JMen II. Vamos torcer para o conjunto.

Hoje (10/10) as 21h acontece a Prova de Potência, salto em altura sobre o muro, que pode ter quebra de recorde mundial e tem R$ 150 mil em disputa.

Quem quiser acompanhar os bastidores da competição é só seguir o SnapChat do Hipismo&Co, pois amanhã o proprietário do Challenger, Bernardo Zattar irá mostrar tudo por lá.

pedro veniss

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

Campeonato de Hipismo só para mulheres

Hoje começou o Campeonato Brasileiro de Salto para amazonas.

Esse campeonato, que está acontecendo em São Paulo, é apenas para as mulheres que praticam a modalidade salto do hipismo.

Os homens devem perguntar: Porque elas tem uma competição exclusiva para mulheres e nós não temos?
A resposta que encontro para essa pergunta é: O hipismo é o único esporte olímpico em que homens e mulheres competem em igualdade. Não existe nenhuma divisão por sexo nas provas equestres. Por isso aqui no Brasil foi criado, na modalidade salto, essa categoria que é apenas para as amazonas.

O Campeonato Brasileiro de Saltos para Amazonas começou hoje (10/09) e vai até domingo, no Clube Hípico de Santo Amaro. Atletas de vários estados do país estão em São Paulo com seus cavalos para as competições que tem provas com obstáculos de 1,00m, 1,10m, 1,20m e 1,30m.

campeonato

 

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

SnapChat: Lívia Neves, amazona convidada

A amazona Lívia Mendonça Neves vai invadir o SnapChat do Hipismo&Co.

O SnapChat do Hipismo&Co receberá a amazonaLívia Mendonça Neves, que é a atual campeã brasileira de Senior.

Lívia, que é baiana e proprietária do centro hípico Sítio Chuin, vem tendo ótimos resultados com seu cavalo ESTORIL HV JL SITIO CHUIN, semana passada ela venceu o CBS de Senior que aconteceu em Curitiba. Essa semana ela está participando do Concurso Internacional de Saltos de 80 anos do Clube Hípico de Santo Amaro, que fica em São Paulo. Ontem (04/09) a talentosa amazona ficou na segunda posição na prova de 1,45m do CSI, perdendo somente para o cavaleiro olímpico José Roberto Reynoso Filhos montando o cavalo Radiator II JMen .

Amanhã, Lívia Neves irá comandar o SnapChat do Hipismo&Co, diretamente de São Paulo mostrando os bastidores do CSI de 80 anos do Clube Hípico de Santo Amaro. Adicione o SnapChat do Hipismo&Co (hipismoeco) e acompanhe os Snaps da linda amazona.

snapchat

Curta a página do Hipismo&Co no Facebook.

Siga o Hipismo&Co no Twitter.

Siga o Hipismo&Co no Instagram. @hipismoeco.

Inscreva-se no canal do Hipismo&Co no Youtube.

Adicione o Hipismo&Co no SnapChat @hipismoeco

 

Mulheres nos pódios do CBS Jovens Cavaleiros e Senior

Campeonato Brasileiro de Salto tem mais mulheres nos pódios.

Aconteceu no final de semana passado o Campeonato Brasileiro de Saltos das categorias Jovens Cavaleiros e Sênior em Curitiba, na Sociedade Hípica Paranaense. O evento foi bem movimentado e o que me chamou a atenção foi a quantidade de mulheres no topo dos pódios.

As mulheres arrasaram. Foram 6 categorias e 5 delas tiveram amazonas como campeãs. Somente a categoria Jovens Cavaleiros Top foi vencida por um cavaleiro, o representante da Federação Hípica de Brasília, Gabriel Peixoto Bonato montando o cavalo Zandman. Todas as outrascategorias tiverem mulheres no primeiro posto.

Confira abaixo as formações dos pódios:

Jovens Cavaleiros B
Campeã: VICTORIA BRAZEIRO PRATES / HBR DIGITAL- FGEE
Vice-campeão: GUILHERME SILVA DO AMARAL PEREIRA / SAMURAI MN – FHBR
3º: THALITA SOZZI DE JESUS JCR BOMBARDIER – FPH
4º: JULIA FIGUEIREDO DE BARROS / AEREA Z – FEERJ
5º: DAYANA CAROLINE BORGES / DAYCONTEC CARPUSKA JMEN – FPRH
6º: ANA COUTINHO GONÇALVES FERREIRA / NEPTUNE XANGO – FHMG

Jovens Cavaleiros A
Campeã: ANA FIGUEIRO PINHEIRO / FAME THE BEAUTY – FHMG
Vice-campeã: MARIA LUIZA MAUL / R2D RASPUTIN 3K – FCH
3º: LUIZA ALVARES / QUICK STEP Z- FHBR
4º: MONTESANO MARI / WYBALIA JMEM SANOL DOG – FPH
5º: GABRIEL FELIX CAMARGO / ACORD D´ EMILION Z – FPRH
6º: GUILHERME SEIXAS / HOBAMA – FHBR

Jovens Cavaleiros
Campeã: RAPHAELLA COELHO / CALLêNIUM JMEN – FHBR
Vice-campeã: MARINA GINDLER CORSINI / ZEUS USP – FPH
3º: LUIZA PADULA DE SOUZA AMARAL / TRAVIATTA – FPH
4º: JOãO PEDRO DE SOUZA ROBERT / DAMMAZ VAN HET INDIHOF – FEERJ
5º: JULIANA CASTRO LIMA / SILVER SEA 3K – FHMG
6º: FLÁVIA BORGES LUCAS / POLEANDER JMEN II – FHBR

Jovens Cavaleiros Top
Campeão:GABRIEL PEIXOTO BONATO / ZANDMAN – FHBR
Vice-campeã: GABRIELA LOPES MORGAN / TOP TEAM QUANTI – FHMG
3º: MATHEUS LEONARDO TAFNER / ORGULHO DA LAGOA – FCH
4º: GABRIEL DE QUEIROZ / GANDARA JMEN – FHBR
5º: TAMUSSINO ROLL / CORLANDA C – FEERJ
6º: GABRIEL GALVãO GOMES / NUTREAL LOLA MIA – FHBR

Senior Especial:
Campeã: ANNA PAULA NERUNG DE NORONHA / BY RANNA ACORTACK – FGEE
Vice-campeão: THIAGO RHAVY DE Sá E SILVA / CARETELLO – FHBR
3º: VITOR ALVES TEIXEIRA / AMAZING BLUE IMPÉRIO EGÍPCIO – FPH
4º: GIOVANNA DE FINIS SOBANIA / ATOMO CLASI – FPRH
5º: SERGIO RUBENS ABIB FILHO / ZORAIA CEQUIPEL – FPRH
6º: VITOR ALVES TEIXEIRA / SUCCES – FPH

Senior
Campeã: LíVIA MENDONçA NEVES / ESTORIL – FHP
Vice-campeão: DENIS GOUVEA / GAZARINPARFLAM VD KLEINENBERG – FGEE
3º: RODRIGO YUE DER TSAU / TEKA GMS – FPH
4º: DANIEL CESAR MARANHAO KHURY / WANGU COOPER – FPRH
5º: JOSé LUIZ CARVALHO / ENDLESS PLEASURE – FPH
6º: BRUNA MATOS / DUTY BOY ST BOMO Z – FPH

mulheres
Lívia Neves campeã brasileira de Senior.

Vejam os resultados do CBS clicando aqui.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...