Adestramento promove 2ª seletiva 2010 rumo aos Jogos Equestres Mundiais

O Grand Prix, válido como seletiva, é uma das atrações do CDI3* – Concurso de Dressage Internacional – e CAN – Concurso de Adestramento Nacional que movimentam o Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo (SP), de sexta, 9, a domingo, 11.

Membro da equipe brasileira de Adestramento nos Jogos Panamericanos de Santo Domingo, em 2003, o cavalo Luar faz sua estréia nas seletivas para os Jogos Equestres Mundiais ao defender uma vaga no time que representará o País em Kentucky, Estados Unidos, em setembro. Exportado para os Estados Unidos e de volta ao Brasil, Luar é montaria de Elias Marinho, um dos inscritos no Grand Prix válido como seletiva e que acontece na manhã desta sexta-feira. Se conseguir o 1º índice, Elias Marinho e Luar ainda terão outras duas seletivas até final de maio.

O índice para a pré-qualificação é de 64% em nota atribuída por juizes de nível olímpico. Nesta seletiva a responsabilidade cabe a Leit Tornblad, da Dinamarca, e Axel Steiner, dos Estados Unidos.

As expectativas de conquista de índice não se limitam ao conjunto Elias Marinho/Luar, mas também ao cavaleiro olímpico Leandro Aparecido Silva que monta Oceano do Top e Thaisa Tavares de Almeida com Riopele, conjuntos que tem o 1º índice assegurado e entram em pista em busca da pré-qualificação.

Já pré-qualificado, mas retornando às pistas está Rogério Silva Clementino com Portugal. A amazona Luiza Tavares de Almeida, que acabou de competir na Final da Copa do Mundo, também tem a pré-qualificação garantida e não participa da disputa, pois sua montaria Samba continua na Europa. Radicada na Europa, a amazona mineira Renata Rabello montando Ludewig G é o terceiro conjunto pré-qualificado.

Além da prova seletiva, o CDI3* é composto de outras 5 disputas. Ainda na sexta acontece o Prix St. Georges abre a competição; no sábado, 10, serão realizadas as provas Intermediária I e Grand Prix Special, e no domingo, 11, o Freestyle (prova com coreografia e música) das séries Intermediária e Grand Prix.

Paralelamente ao CDI3*, atletas de diferentes séries e categorias participam durante os três dias do CAN – Concurso de Adestramento Nacional – em comemoração ao “Jubileu de Diamante” do Clube Hípico de Santo Amaro.

O CDI3* e o CAN têm organização conjunta da Federação Paulista de Hipismo (FPH) e Confederação Brasileira de Hipismo (CBH).

Thaisa Tavares de Almeida e Riopele: busca pela pré-qualificação para a equipe que representará o Brasil nos Jogos Equestres Mundiais.

Foto: Ney Messi/Cedida ABPSL
Fonte: Imprensa CBH

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...